13 de jun de 2009

O Guerreiro e o amor

Paulo Coelho

Para o guerreiro não existe amor impossível. Ele não se deixa intimidar pelo silêncio, pela indiferença ou pela rejeição. Sabe que - atrás da máscara de gelo que algumas pessoas usam – existe uma criança que pede e precisa de amor.

Por isso o guerreiro arrisca mais que os outros; sabe que só tem coragem de lutar pelos seus sonhos quem respeita seu coração. Ele busca incessantemente o amor de alguém – mesmo que isto signifique escutar muitas vezes a palavra “não”, voltar para casa com o sabor da derrota nos lábios, sentir-se rejeitado em corpo e alma.

Um guerreiro não se deixa assustar quando busca o que precisa.

O que lhe trás alegria na vida é sua disposição para o combate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário