12 de jun de 2009

Gosto de você

Elisa

Gosto de você
Como os pássaros gostam das árvores
Como os cães gostam dos postes.

Preciso do seu amor
Como o som precisa de espaço
Como o dia precisa da noite.

Sinto sua presença
Como o perfume da chuva na terra
Como o vale que seduz a montanha.

Vejo seus olhos
Como as mutantes fases da lua
Como a trajetória do sol nos dias de claro azul.

Gosto do seu gosto de língua
Gosto como quem come e não escova os dentes
Como que acaba de tomar um copo d’água.

Ouço sua boca cheia de estórias
Como o ritmo do mar
Como as seqüentes ondas desta cidade.

Às vezes fico sem você
Como os poetas ficam sem inspiração
Os supermercados sem leite
As mães sem os filhos.

Às vezes fico com saudades
Com medo
E grito com o que eu mesma criei.
Às vezes fico deitada e sonho
Sonho muito
Com tudo que não consigo fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário