12 de dez de 2011

Taiguara o Revolucionário

TAIGUARA
Taiguara, cantor que ergueu sua voz contra a ditadura militar de 1964 a 1989. Morreu em 1996, vítima de um câncer na bexiga.

MENSAGEM DE NATAL
(gravada na Rádio Antena 1 de São Paulo, em 28/10/1983)


Há mil, novecentos e oitenta e três anos, nasceu um homem, que combateu todas as injustiças. Seu pai o viu sofrer e sangrar na cruz, diante dos lacaios criminosos de um império em ruínas. Hoje, aqui, estamos na mesma luta contra impérios semelhantes, porém, com muito mais esperança. Vamos construir a partir deste Nata, nos lares, nas fábricas, nas ruas e nos campos, um mundo sem imperialismo e sem as guerras entre os povos. Vamos renascer no Ano Novo de um homem novo.

QUE AS CRIANÇAS CANTEM LIVRES

O tempo passa e atravessa as avenidas
E o fruto cresce, pesa e enverga o velho pé
E o vento forte quebra as telhas e vidraças
E o livro sábio deixa em branco o que não é

Pode não ser essa mulher o que te falta
Pode não ser esse calor o que faz mal
Pode não ser essa gravata o que sufoca
Ou essa falta de dinheiro que é fatal

Vê como um fogo brando funde um ferro duro
Vê como o asfalto é teu jardim se você crê
Que há sol nascente avermelhando o céu escuro
Chamando os homens pro seu tempo de viver

E que as crianças cantem livres sobre os muros
E ensinem sonho ao que não pode amar sem dor
E que o passado abra os presentes pro futuro
Que não dormiu e preparou o amanhecer...

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário