12 de dez de 2011

Paralelas

Maria Tagarela

Ainda respiro,
apesar do mau cheiro.
Ainda resisto,
apesar do cansaço.
Ainda luto,
apesar de ter perdido.
Ainda choro,
apesar de ter secado.
Ainda reclamo,
apesar de satisfeita.
Ainda imploro,
apesar de ter conseguido.
Ainda desejo,
apesar de ter saboreado.
Ainda continuo,
apesar de acabado.
Ainda sinto,
apesar das anestesias.
Ainda sorrio,
apesar das mágoas.
Ainda quero,
apesar de ter tido.
Ainda sofro,
apesar do ânimo.
Ainda sou,
Apesar de já ter sido.
Ainda vivo,
apesar de tudo.
Mônica Bandeira - Anos 80

Nenhum comentário:

Postar um comentário